TRUPE

A Trupe Intacta Retina é um grupo de pesquisa teatral composto por jovens atores do Rio de Janeiro cujos caminhos se cruzaram no Curso de Teatro da Cia. de Teatro Contemporâneo.

"Hamlet 2012" foi a peça de formatura da 3ª geração de formandos do referido curso, que, por sua vez, decidiram profissionalizá-la, lutando por apoios e patrocínios.

CONHEÇA OS ATORES DA TRUPE!



CAROLINA FLOARE
Atriz, bailarina e poetisa luso-brasileira, nascida em Portugal, com passagem pela Romênia e residente no Brasil desde 2010, onde se tornou vencedora do Prêmio Arlequim de Melhor Atriz no X Festival de Teatro Cidade do Rio de Janeiro, em 2012.

É formada em Teatro pela Companhia de Teatro Contemporâneo (Brasil), em Flamenco pela Xuventude de Galicia (Espanha/Portugal) e em Ballet Clássico pela Royal Academy of Dance (Reino Unido/Portugal). É ainda graduada e pós-graduada em Direito e formada em Tradução Literária.

Sua formação e experiência artísticas, nas áreas do Teatro, Dança e Música, provêm dos diferentes cenários culturais europeu ocidental, europeu oriental e sul-americano. 

Após vasta experiência nos palcos como bailarina clássica e flamenca, suas primeiras experiências teatrais aconteceram no Grupo Cênico da Universidade de Lisboa, ainda em Portugal, durante o período em que cursava Direito. Depois, estudou Interpretação com renomados diretores de Cinema e Televisão, como o português Nicolau Breyner e os brasileiros Teresa Lampreia, Roberto Naar, Marco Rodrigo e Aloyzyo Filho, e ainda com professores e diretores de Teatro, como o francês Gilles Gwizdek e os brasileiros Regiana Antonini, Sílvia Carvalho e Marta Cotrim, nas seguintes escolas: ACT - Escola de Actores (Portugal), NBP (Portugal), CAL - Casa das Artes de Laranjeiras (Brasil), Companhia de Teatro Contemporâneo (Brasil) e Os Inomináveis Cia. de Teatro (Brasil). Também teve a oportunidade de beber da arte dos atores e diretores brasileiros Renato Rocha (da Royal Shakespeare Company) e Denise Milfont, com quem trabalhou em projetos, oficinas e laboratórios teatrais.

Especializou-se também com profissionais do corpo do ator, como as brasileiras Claudia Mele, Juliana Medella, Marcelle Sampaio, Luciana Belchior e Fernanda Guimarães, e da voz cênica, como a russa Elena Gaissionok.

Tem trabalhado, como atriz, com diferentes companhias e métodos teatrais, começando, em Portugal, com o Grupo Cênico da Universidade de Lisboa e, já no Rio de Janeiro, com a companhia Teatro de Roda, dirigida por Mariozinho Telles (atuando no projeto "Clássicos do Teatro" como Julieta e Sra. Capuleto, em “Romeu e Julieta” de Shakespeare); a Cia. da Boca de Cena, dirigida por Regiana Antonini; a Cia. de Teatro Contemporâneo, com os diretores Gilles Gwizdek, Regiana Antonini, Sílvia Carvalho e Dinho Valladares; e Os Inomináveis Cia. de Teatro, dirigida por Renato Rocha.

Fundou, no Rio de Janeiro, o grupo teatral Trupe Intacta Retina, com o qual montou "Hamlet 2012" (com tradução, adaptação, direção assistente e produção suas), a companhia de pesquisa Revoada Cia. D' Arte e ainda o movimento Teatro Encantado, direcionado para a infância.

Entre 2010 e 2013, atuou, na cena carioca, em peças como “Hamlet 2012” (Shakespeare) – interpretação de Hamlet que lhe valeu o Prêmio de Melhor Atriz no X Festival de Teatro Cidade do Rio de Janeiro – , “Sete Gatinhos” (Nelson Rodrigues), “Banheiro Feminino” (Regiana Antonini), “Crônicas” (Artur Azevedo), “A Queda da Casa de Usher” (Allan Poe), “Olhos Verdes” (Gustavo Adolfo Bécquer) e ainda nas peças de teatro infantil "A Bela Adormecida" (Irmãos Grimm) e "Pedro e o Lobo" (Prokofiev) e no musical "A Festa no Céu”. Protagonizou também Leituras Dramatizadas abertas ao público, em peças como "Abajur Lilás" (Plínio Marcos) e "Um Bonde Chamado Desejo" (Tennessee Williams).

Foi também assistente de direção do diretor francês Gilles Gwizdek (1947-2012) na peça "Os Moços Bonitos", adaptada pelo próprio a partir de "Teatro a Vapor", de Artur Azevedo.

Além do Teatro, foi, em 2012, protagonista da campanha da TV Globo Internacional por ocasião do lançamento do Canal Globo, ao lado de Thiago Lacerda e Paolla Oliveira.  Em 2013, participou da série bíblica da TV Record "Milagres de Jesus". Em 2014, atua no filme “
A Dívida”.

Carolina interpretou Hamlet nas duas temporadas de "Hamlet 2012" e no X Festival de Teatro do Rio de Janeiro, onde foi premiada pelo papel com o Arlequim de Melhor Atriz.

ACESSE O SITE DE CAROLINA FLOARE

CONECTE-SE COM A PÁGINA OFICIAL NO FACEBOOK


VÍVIAN RODRIGUES
Estudou teatro na CAL com Arnaldo Marques e Claudia Mele e, posteriormente, na Companhia de Teatro Contemporâneo do Rio de Janeiro, com Humberto Holanda e Regiana Antonini.
Atuou nas peças "A Mulher Sem Pecado" e "A Falecida", ambas de Nelson Rodrigues, com direção de Claudia Mele e Arnaldo Marques; na comédia "A Igreja Bem-Assombrada", direção de Jomar Magalhães, que ficou em cartaz no Teatro Ipanema; e em "Traição", direção de Humberto de Holanda, na Cia. de Teatro Contemporâneo.
Foi assistente de direção na peça "Léa, Cléa e Azaléia", dirigida por Jhonas Araújo, com a qual participou no Festival de Teatro do Rio de Janeiro.

Vívian interpretou a Rainha Claudia nas duas temporadas de "Hamlet 2012" e no Festival.



CAMILA FALCONI
Começou sua formação como atriz com a professora e diretora Regiana Antonini, segundo o método de Jerzy Grotowski. Posteriormente, ingressou no Curso Profissionalizante de Teatro da Cia. de Teatro Contemporâneo, no Rio de Janeiro.
Atuou nas peças “A Bailarina Rosa e o Soldadinho Azul”, como Bailarina Rosa, dirigida por Dinho Valladares; “Bonitinha, Mas Ordinária”, como Ritinha, dirigida por Dinho Valladares; “Banheiro Feminino”, como Janete e Patrícia, dirigida por Regiana Antonini; “O Berço de Steinbeck”, dirigida por Samir Murad; “Arlequim, Servidor de Dois Patrões”, dirigida por Sílvia Carvalho. Atuou também na curta-metragem “Seria um romance se não fosse o triste cenário do Rio de Janeiro”, ganhadora de prêmios como o de Melhor Filme no Festival de Cinema da ECO-UFRJ. Atualmente, é graduanda do curso de Produção Cultural da Universidade Federal Fluminense.
Camila interpretou Polonia nas duas temporadas de  "Hamlet 2012".
THAIS FAVATTO
Estudou interpretação com Dig Dutra, Paula Wenke, Sílvia Carvalho, Regiana Antonini e Gilles Gwizdek.
Atuou nas peças “Você não Passa de Uma Mulher”, textos de Vinícius de Moraes, Luís Fernando Veríssimo, Cecília Meireles e Nelson Rodrigues, adaptação e direção de Sebastião Lemos; “Mulheres à Beira de um Ataque de Nervos”, de Pedro Almodóvar, direção de Sílvia Carvalho; e “Banheiro Feminino”, texto e direção de Regiana Antonini. Em 2011, ficou em cartaz na Cia. de Teatro Contemporâneo, com o musical infantil “A Festa no Céu”, texto de Solange Lima e Dinho Valladares e direção de Dinho Valladares e atuou no infantil "Pedro e o Lobo", de Serguei Prokofiev, adaptação de Rodrigo Gerstner e direção de Sílvia Carvalho.
Thais interpretou Laertes e Atriz nas duas temporadas de  "Hamlet 2012" e no Festival.
LUIZA VALENTE
Estudou no Curso de Teatro do Colégio Cruzeiro com a professora Joana Ferry de 2003 a 2005, tendo atuado nas peças "No Ar" de Joana Ferry e "Uma Voz Sem Ninguém" de Jean Tardieu.
Em 2007, fez o Módulo de TV Básico na Academia Nacional de Atores com o professor Pedro Garcia Neto. No ano de 2009, estudou no Tablado com a professora Dina Moscovici e interpretou nas peças "A Perseguição e o Assassinato de Jean Paul Marat" do Marques de Sade e "Jazz" com poemas de Charles Bukowski.
Em 2010, iniciou o Curso Profissionalizante de Teatro da Cia. de Teatro Contemporâneo do Rio de Janeiro, onde atuou nas peças "Bonitinha, mas Ordinária", texto de Nelson Rodrigues e direção de Dinho Valladares; "A Bela Princesinha Desobediente", texto e direção de Dinho Valladares; e "Arlequim, Servidor de dois Patrões", texto de Carlo Godoni e direção de Sílvia Carvalho.

Luiza interpretou Horácia nas duas temporadas de  "Hamlet 2012".


LUANA CRISPIM
Estudante e atriz na Cia. de Teatro Contemporâneo do Rio de Janeiro desde 2005. Estudou interpretação com os diretores de teatro Sílvia Carvalho, Regiana Antonini e  Gilles Gwizdek.
Já atuou em várias peças da Companhia, como "O Gato das Botas", "A Bailarina Rosa e o Soldadinho Azul", "Sonho de uma Noite de Verão", "Os Sete Gatinhos", "Banheiro Feminino", "A Festa no Céu", "Crônicas", entre outras.

Luana interpretou Guilden Stern e Coveira nas duas temporadas de   "Hamlet 2012".
CAROL ZÉTOLA
Estudou interpretação para teatro, cinema e televisão com William Vita, Antonio Amâncio, Sérgio Penna, Humberto Holanda e Regiana Antonini. Atuou nas peças “A Vida é uma Comédia”, coletânea de esquetes com direção de William Vita, e “O Casamento Suspeitoso”, texto de Ariano Suassuna e direção de William Vita, apresentadas ambas no teatro do Solar de Botafogo, no Rio de Janeiro.
Estudante e atriz da Cia. de Teatro Contemporâneo, do Rio de Janeiro, já atuou nas seguintes peças da casa: “Via Sacra”, direção de Dinho Valladares, “Traição”, direção de Humberto Holanda e “Noites de Terror”, direção de Flávio Lobo Cordeiro.

Carol  interpretou  Rosen Crantz e Marcela na primeira temporada de "Hamlet 2012".
THAINÁ TARGINO
Estuda teatro desde os dez anos, tendo começado sua formação artística no grupo de teatro do Colégio Santa Maria.
Em 2005, fez a Oficina de Interpretação da Estácio de Sá e, no ano seguinte, participou do Festival Intercolegial de Teatro Notre Dame com as peças "Quem viu e quem sumiu com meu Tiu Piu" e "Retalhos de Vida Severina".
Em 2009, entrou no curso profissionalizante da Cia. de Teatro Contemporâneo, onde estudou interpretação com Dinho Valadares, Regiana Antonini, Gilles Gwizdek e Sílvia Carvalho, atuando em peças como "O Inspetor Geral", "Os Sete Gatinhos", entre outras.
Atualmente, é estudante de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Thainá  interpretou  Bernarda, Reinalda/Osrica e Atriz nas duas temporadas de  "Hamlet 2012".



RODRIGO VIEGAS
Começou a fazer teatro aos 14 anos, na sua escola, Notre Dame Ipanema, com o professor Henrique Kaladan Andrade. Sua primeira peça, em 2004, foi “Bailei na Curva”, de Julio Conte. Nesse mesmo ano, atuou numa montagem estudantil de “Gota D’Água”, musical de Chico Buarque. De 2005 a 2007, participou com destaque de diversos festivais e mostras de teatro no Rio de Janeiro. Em 2008, seu último ano fazendo teatro estudantil, atuou na premiada montagem “O Sol Feriu a Terra”, do dramaturgo nordestino Vital Santos. Em 2009, depois de realizar algumas oficinas e cursos de teatro com Kaladan, entrou na CAL e logo depois na Cia. de Teatro Contemporâneo, onde permanece. Ainda em 2009, participou da peça “Decisões”, de Natália Grimberg, que ficou em cartaz no Teatro Suassuna. Na Cia. de Teatro Contemporâneo, participou de montagens como “Bonitinha, mas Ordinária”, texto de Nelson Rodrigues e direção de Dinho Valladares, “A Bela Princesinha Desobediente”, texto e direção de Dinho Valladares e “Arlequim, Servidor de Dois Patrões”, texto de Carlo Godoni e direção de Sílvia Carvalho.
Além de ator, Rodrigo também trabalha com iluminação cênica e roteirismo/dramaturgia e comédia Stand Up – com o grupo “Comedia sem Acento”. Atualmente faz o curso de Letras/Literatura na PUC-Rio.
Rodrigo interpretou Ofel na primeira temporada de "Hamlet 2012" e na primeira apresentação da segunda temporada.
RODRIGO VIEGAS NA ENCICLOPÉDIA VIRTUAL DO TEATRO BRASILEIRO


CACO RODRIGUES
Começou a fazer teatro aos 15 anos, no Pará. Ainda no Pará, atuou em "Alice Descobre Novas Aventuras", "Orfeu", "Dois Corações e Quatro Segredos" e "Onça de Asas", todas com direção de Jaqueline Rabelo. Mudou-se para Minas Gerais, onde atuou em peças como "Íntima", "Minhas Bela Dama" e "Re-partição", dirigidas por Alexssandre Carvalho. Finalmente, mudou-se para o Rio de Janeiro, onde prosseguiu estudos teatrais na CAL - Casa de Artes das Laranjeiras e na Cia. de Teatro Contemporâneo e atuou nas peças "Os Fuzis da Senhora Carrar", direção de Renato Icarahy, "Léa, Cléia e Azaléia", direção de Jhonas Araújo, "A Igreja Bem Assombrada", direção de Jomar Magalhães, "Segredos", direção de Humberto de Holanda. Atuou ainda nas curtas-metragens "Anônimos", direção de Javier Abi-Saab, e "O Cara que Sangra", direção de Lucas Calmon.
Caco interpretou Ofel na segunda temporada de "Hamlet 2012" e no Festival.



ELOISE MARANGONI
É formada em Teatro pela Cia. de Teatro Contemporâneo e em TV/Vídeo pela Studio Escola de Atores de Joinville-SC.
Tem cinco anos de experiência na área teatral, tendo realizado trabalhos como atriz e produtora. Fez diversos cursos de dança. Passou pela CAL, onde fez diversos cursos  de teatro e canto. Em Santa Catarina, fez parte do Grupo GATS.
Participou de montagens em Santa Catarina e no Rio de Janeiro, tais como “Carlota Joaquina”, “Bailei na Curva”, “Bonitinha, mas ordinária”, “Arlequim, servidor de dois patrões” e “Ópera do Malandro”, ainda em cartaz.
Trabalhou com vários diretores, destacando-se Celina Bebianno, Isaac Bernat, Fernanda Moreira, Dinho Valadares, Silvia Carvalho e Eliza Pragana.


Eloise interpretou Rosen Crantz e Marcela na segunda temporada de "Hamlet 2012", e Polonia no Festival, onde foi indicada na categoria de Melhor Atriz Coadjuvante.

RÚBIA REIS
Natural de Goiânia, iniciou seus trabalhos artísticos através da dança em 1998. Na escola Dança & Cia. com as professoras Patrícia e Fernanda Rabelo, estudou Ballet Clássico, Sapateado, Jazz e em 2003 ingressou na Dança de Salão. Fez diversos cursos pelo Brasil com Adriana Salomão, Steven Harper, Ricardo Sheir, Erika Novaki, Jomar Mesquita, Rogério Mendonza, Bianka Gonzales e Jaime Arôxa. Ainda em Goiânia, entrou para o Contato Grupo de Dança Contemporânea com a coreógrafa Janaína Romão, onde experimentou a Dança-Teatro com os espetáculos "Mulheres de Francisco" e "Autêntico" e assim não parou mais.
Mudou-se para o Rio de Janeiro e fez seus primeiros cursos de interpretação na CAL - Casa de Artes das Laranjeiras, com Claudia Provedel e Fernando Bohrer. Além disso, tornou-se dançarina na Escola de Dança Jaime Arôxa.
Participou da novela "Tempos Modernos" como elenco de apoio.
Depois, ingressou na Cia. de Teatro Contemporâneo, onde prosseguiu seus estudos teatrais.
Ficou em cartaz com o infantil "A Festa no Céu", fez participações nas "Noites de Terror" e atuou ainda nas peças "Sonho de Uma Noite de Verão" e "O Deus nos Acuda", todas na Cia. de Teatro Contemporâneo.

Rúbia intepretou Horácia no Festival.




LARISSA DE SOUZA
Designer, graduada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, e atriz, formada pela Cia. de Teatro Contemporâneo do Rio de Janeiro.
Iniciou suas atividades artísticas através do estudo do ballet clássico. Durante seis anos, apresentou-se em espetáculos de dança no teatro Ziembinsky e no Liceu de Artes e Ofícios do Rio de Janeiro.
Começou a estudar Teatro na Escola Técnica de Teatro Martins Pena, onde atuou nas peças “A Vida Quadro a Quadro” e “O Rio de Pernas pro Ar”, ambas sob direção de profissionais da Escola, como a atriz Lia Farrel.
Seguiu estudando interpretação para TV na Academia Nacional de Atores. Integrou a Companhia Teatral Arte Rio, na qual participou de montagens infantis como “Monstros S.A”, além da Companhia Boca de Cena, sob direção da atriz Regiana Antonini.
Profissionalizou-se como atriz na Companhia de Teatro Contemporâneo, integrando as peças “O Balcão” (de Jean Genet, direção de Dinho Valladares), “A Mente Capta” (de Mauro Rasi, direção de Regiana Antonini), “A Festa no Céu (infantil com direção de Dinho Valladares) e “Martins Quatro Vezes (Sem) Pena” (de Martins Pena, com direção e textos originais de Marco Santos).

Larissa interpretou Bernarda e Guilden Stern no Festival.


TALITA STEIN
Atriz formada pela Cia. de Teatro Contemporâneo do Rio de Janeiro, com cursos de interpretação realizados na Universidade Estácio de Sá, no FAETEC Quintino e na ONG ECOA Teatro Social.
Atuou nas peças "Bonitinha, mas Ordinária" de Nelson Rodrigues, direção de Dinho Valladares; "O Crime da Rua da Carioca", de Arthur Azevedo, direção de Gilles Gwizdek; "Arlequim, servidor de dois Patrões", de Carlo Goldoni, direção de Sílvia Carvalho; "Aonde está você agora?!", texto e direção de Regiana Antonini; "Ópera do Malandro", musical de Chico Buarque, direção de Eliza Pragana; e ainda numa leitura dramatizada de "Um bonde chamado desejo", de Tennessee Williams, direção de Sílvia Carvalho.


Talita interpretou Marcela e Rosen Crantz no Festival.

BIANCA PARANHOS
Atriz, formada em Teatro pela Cia. de Teatro Contemporâneo do Rio de Janeiro. Complementou sua formação com diversos cursos livres de interpretação para Teatro e TV, método (Grotowsky e Stanislavsky), comédia e máscaras balinesas. Atuou nas peças “O Santo e a Porca”, direção de Brunno Rodrigues, “A Quadrilha”, direção de Andrea Dhetty, “Crônicas”, direção de Gilles Gwizdek, “Tudo no Timing” e “Banheiro Feminino”, direção de Regiana Antonini, “Via Sacra”, “A Festa no Céu”, “Sete Gatinhos” e “A Dama das Camélias”, com direção de Dinho Valladares, “O Inspetor Geral”, direção de Sílvia Carvalho, entre outras. Fez participações na novela “Fina Estampa” e nos seriados “Os Caras de Pau” e “Lara com Z”, todos da TV Globo.
Bianca interpretou Reinalda/Osrica, Atriz e Coveira no Festival. 

Em cima, da esquerda para a direita: Thainá Targino, Carolina Floare, Camila Falconi, Thais Favatto, Luiza Valente, Carol Zétola, Luana Crispim. Em baixo, da esquerda para a direita: Rodrigo Viegas, Vívian Rodrigues, Ronnie Marruda (elenco da 1ª temporada).